Blog


Categorias:

Base de ConhecimentoNotícias do MercadoAtuação da SolarizeSoftware PV*SOLSolarize na MídiaEnergia Solar FotovoltaicaAquecedor Solar de Baixo CustoNewsletterAquecimento SolarSistema SolarizeResponsabilidade SocialClube de vantagensCarro elétrico

Serão as famílias que pagarão a taxa da energia solar

Publicado em 27 de outubro de 2019

A notícia da taxa sobre a energia solar, proposta pela Aneel, já rodou o país. Um detalhe importante, no entanto, passou despercebido: a taxa proposta não será paga de forma equilibrada, mas, principalmente, pelas famílias.

Como será a taxação proposta

O sistema solar gera energia ao longo do dia. Parte desta energia é consumida na mesma hora, e o restante é injetado na rede da concessionária. A nova taxa será aplicada sobre a segunda parte, a energia injetada.

As famílias pagarão mais taxas

Quem injeta mais energia na rede são as residências, já que as famílias estão ausentes durante o dia. Serão eles os onerados pela nova taxa. Empresas com sistema solar funcionam nas horas do sol, injetam pouco e pagarão muito menos do que as famílias.

A energia injetada já traz lucros à distribuidora e não deve ser taxada

A energia injetada por uma residência, tipicamente, é vendida pela concessionária aos seus vizinhos. Nesta venda, a concessionária cobra pelas perdas que, normalmente, ocorrem no sistema elétrico, no caminho da usina até o local de consumo: 17% da tarifa elétrica, na média nacional.

É óbvio que essas perdas inexistem no caso da energia injetada, que simplesmente atravessa a rua. A concessionária, portanto, embolsa 17% em cima da energia solar. A Aneel omite este fato, fugindo do seu papel de reguladora objetiva.

Outros encargos indevidos

A proposta da Aneel prevê ainda que a energia injetada deve pagar por

  • Linhas de transmissão que ela não percorre;
  • Termelétricas que ela ajudar a evitar;
  • Uso de fontes renováveis, como se o cidadão já não estivesse fazendo exatamente isso com seu próprio dinheiro.

A energia solar reduz a bandeira tarifária

À medida que o uso da energia solar for aumentar, a bandeira tarifária poderá ser reduzida. Uma vantagem para o Brasil inteiro.

A energia solar chegou ao alcance de todos.

Os juros dos créditos bancários caíram nos últimos anos e chegaram a um nível que permite à grande maioria do povo brasileiro instalar um sistema solar e reduzir suas despesas.

Quem não tem um telhado próprio pode alugar parte de uma usina e receber os créditos. A nova taxa solar excluirá muitas famílias dessas oportunidades.

A taxa solar destruirá empregos

Estimativas apontam que o setor fotovoltaico emprega cerca de 100.000 pessoas. Muitos deles já receberam aviso prévio logo depois que a Aneel publicou a nova proposta que inviabilizará muitos modelos de negócio. São milhares de famílias com medo de perder o emprego.

Resumo

A nova taxa da energia solar é injusta, porque será paga, principalmente, pelas famílias brasileiras. Ela não considera suas vantagens para a população e ainda coloca em risco milhares de empregos.

Junte-se a nós para alertar a população, os políticos e o governo. Vamos reverter para poder crescer juntos.

Compartilhe este e outros textos a respeito.

 #TaxarOSolNao #GDparatodos #Cenariozero482 #Soumaissolar #Deixeasolarcrescer